Assinatura do Dízimo

“Convém lembrar: aquele que semeia pouco, pouco ceifará. Aquele que semeia em profusão, em profusão ceifará. Dê cada um conforme o impulso do seu coração, sem tristeza nem constrangimento. Deus ama o que dá com alegria.” (2Cor 9, 6-7)

Leia Mais!

Testemunho Tia Helena

Nossa fundadora fala de como Santa Teresinha surgiu como baluarte da Comunidade
Leia Mais!

Liturgia

1ª Leitura - Am 8,4-6.9-12

Enviarei fome sobre a terra;
não fome de pão, mas de ouvir a palavra do Senhor.
Leitura daProfecia de Amós 8,4-6.9-12
4Ouvi isto, vós que maltratais os humildes
e causais a prostração dos pobres da terra;
5vós que andais dizendo:
'Quando passará a lua nova,
para vendermos bem a mercadoria?
E o sábado, para darmos pronta saída ao trigo,
para diminuir medidas, aumentar pesos,
e adulterar balanças,
6dominar os pobres com dinheiro
e os humildes com um par de sandálias,
e para pôr à venda o refugo do trigo?'
9Acontecerá que naquele dia,
diz o Senhor Deus,
farei que o sol se ponha ao meio-dia
e em pleno dia escureça a terra;
10mudarei em luto vossas festas
e em pranto todos os vossos cânticos;
farei vestir saco a todas as cinturas
e tornarei calvas todas as cabeças,
o país porá luto, como por um filho único,
e o final desse dia terminará em amargura.
11Eis que virão dias,
diz o Senhor,
em que enviarei fome sobre a terra;
não fome de pão, nem sede de água,
mas de ouvir a palavra do Senhor'.
12Os homens vaguearão de um mar a outro mar,
circulando do norte para o oriente,
em busca da palavra do Senhor,
mas não a encontrarão.
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 118, 2. 10. 20. 30. 40. 131 (R.Mt 4,4)

R. O homem não vive somente de pão,
mas de toda palavra da boca de Deus.

2Feliz o homem que observa seus preceitos, *
e de todo o coração procura a Deus!

10De todo o coração eu vos procuro, *
não deixeis que eu abandone a vossa lei!R.

20Minha alma se consome o tempo todo *
em desejar as vossas justas decisões.R.

30Escolhi seguir a trilha da verdade, *
diante de mim eu coloquei vossos preceitos.R.

40Como anseio pelos vossos mandamentos! *
Dai-me a vida, ó Senhor, porque sois justo!R.

131Abro a boca e aspiro largamente, *
pois estou ávido de vossos mandamentos.R.

Evangelho - Mt 9,9-13

Não vim para chamar os justos mas os pecadores.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 9,9-13
Naquele tempo:
9Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus,
sentado na coletoria de impostos,
e disse-lhe: 'Segue-me!'
Ele se levantou e seguiu a Jesus.
10Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus,
vieram muitos cobradores de impostos e pecadores
e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos.
11Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos
discípulos: 'Por que vosso mestre come
com os cobradores de impostos e pecadores?'
12Jesus ouviu a pergunta e respondeu:
'Aqueles que têm saúde nóo precisam de médico,
mas sim os doentes.
13Aprendei, pois, o que significa:
`Quero misericórdia e não sacrifício'.
De fato, eu não vim para chamar os justos,
mas os pecadores'.
Palavra da Salvação.

Reflexão - Mt 9, 9-13

Todos nós vivemos afirmando que Jesus é misericordioso, que veio para trazer a salvação para todas as pessoas e coisas do gênero, mas na hora da convivência com as pessoas, parece que não é bem assim, pois somos proibitivos e sabemos sempre evidenciar os erros e os pecados que são cometidos para provocarmos discórdia, separação e exclusão. É muito comum ouvirmos nas comunidades: "Eu acho que Fulano não pode participar de tal coisa porque ele fez isso e aquilo". Devemos crer que de fato não somos nós quem chamamos para o serviço do Reino, é Jesus quem chama e ele sabe muito melhor que nós quem está chamando e porque ele está chamando. A nós compete criar condições para que todos possam assumir a própria vocação.

Reflexão

fome da Palavra de DeusReflexão pessoal  -  Amós 8, 4-6.9-12 – “fome da Palavra de Deus ”

O mundo com sua injustiça perverte o coração do homem que é criação de Deus e objeto da Sua benevolência. Assim sendo, ele perde o referencial do seu Criador e obstina-se em não se voltar para Aquele que o ama. Abandona-se a si mesmo, às suas injustiças e iniquidades e, por isso, sofre as consequências. Através do profeta Amós Deus nos fala claramente o que poderá acontecer com todos os que agem com a desonestidade e a ganância tão detestadas por Ele: “ mudarei em luto vossas festas e em pranto todos os vossos cânticos”, isto é, quem canta vitória em virtude do que conseguiu sonegando, humilhando, terá como consequência a própria ruína. Diante da profecia de Amós, só nos resta perceber até que ponto estamos inseridos neste contexto do mundo. Nós, os que meditamos a Palavra de Deus todos os dias, nós que temos conhecimento dos seus ensinamentos, somos chamados a descobrir qual o interesse e com que intenção agimos no nosso dia a dia. Às vezes queremos separar as nossas ações na Igreja, na Comunidade, das nossas atitudes no trabalho, na sociedade e mesmo dentro da nossa casa. O “querer levar vantagem em tudo” na maioria das vezes é o que norteia as nossas ações em busca da sobrevivência ou do possuir mais. Já chegou o tempo em que os homens vagueiam de “um mar a outro mar” em busca da Palavra do Senhor, mas eles mesmos não a encontram. A fome de Deus é grande nesses corações, mas eles não conseguem encontrá-lo porque estão mais interessados em si mesmos. O Senhor, no entanto, nos prepara para que possamos dar a eles o Pão da Sua Palavra e a Água do Seu Espírito Santo através do nosso testemunho de justiça.  – Como você se situa diante dessa profecia? - Como tem sido a sua maneira de agir quando defende os seus próprios interesses? – Você tem adulterado alguma “balança”, diminuindo ou aumentando pesos’? – Até que ponto você valoriza as coisas materiais? – Você se acha uma pessoa justa?

O homem não vive somente de pãoSalmo 118 – “O homem não vive somente de pão, mas de toda palavra da boca de Deus”

O salmo é um cântico que deveria estar sempre em nossos lábios: “O homem não vive somente de pão, mas de toda palavra da boca de Deus”! Se entendêssemos isso, com certeza a nossa vida teria mais sentido, pois somente quem nos criou pode tomar decisões justas a nosso respeito. A sugestão que vem da boca de Deus é o princípio da nossa felicidade, pois nela está a trilha da verdade. Não deveríamos buscar outra coisa que não fosse seguir os preceitos do Senhor.  

“eu não vim chamar os justos, mas os pecadores”Evangelho – Mateus 9, 9-13 – “na mesa, com Jesus”

A maioria das pessoas que seguem o caminho de Deus, erradamente pressupõem que os grandes pecadores, isto é, os que cometem barbaridades não têm mais chances com Deus por causa das suas grandes transgressões. Enganamo-nos quando predizemos que somente os cumpridores de todos os mandamentos têm primazia no reino dos céus. Jesus Cristo, neste Evangelho vem nos dizer justamente o contrário: “eu não vim chamar os justos, mas os pecadores”.  Ele compara o pecador a alguém que está doente e, por isso, precisa de médico para ser curado. Jesus Cristo é o médico enviado pelo Pai para nos devolver a saúde, partindo do princípio de que todos nós precisamos de médico, pois somos doentes pelo pecado. Jesus nos chama e nos atrai para si, mesmo que estejamos “sentados na coletoria de impostos” com a mente cheia de interesses pecaminosos e com mil planos para colocar em ação. É aí que Ele nos vê e se apieda do nosso coração doente chamando-nos com autoridade: “Segue-me”! Jesus veio atrair para Si os mais pecadores e, quanto mais reconhecemos o nosso pecado, mais Ele olha para nós e insiste em que O acompanhemos. E quando escutamos a Sua voz nos chamando pelo nome não conseguimos mais ficar parados no mesmo posto, fazendo as mesmas coisas e nos alimentando de migalhas. Como Mateus, nós também nos levantamos e O seguimos, querendo, principalmente, leva-Lo para perto daqueles de quem mais amamos. Em qualquer lugar ou situação em que nos encontremos Jesus nos faz o convite para segui-Lo, no entanto, Ele deseja ser convidado para entrar na nossa casa e levar para lá a salvação, não importando como esteja a nossa família. O seguimento de Jesus nos motiva a negar tudo o que o mundo nos ensinou e a assumir compromisso com uma vida digna de filhos e filhas de Deus. - Você já atendeu ao chamado de Jesus?  - Você se reconhece doente, necessitado (a) de médico? – Jesus veio para você? – Qual é a sua postura diante daqueles que são “pecadores públicos”?  - Você acha que eles também têm direito a salvação?   Você sente-se também julgado (a) por alguém quando erra?   

Calendário

Confira as nossas atividades e participe conosco!