Um Novo Caminho - 22 anos

“Mais um ano passou! E com ele a certeza de que, realmente, o Senhor realiza uma grande obra no meio de nós!” Comemoramos, esse mês, 22 anos de história do Um Novo Caminho! Confira o texto cheio de gratidão, escrito pela nossa fundadora, Tia Helena Serpa, celebrando a data.

Leia Mais!

Jornada Mundial da Juventude 2016

A Jornada Mundial da Juventude acontece entre os dias 25 e 31 de julho de 2016, mas os preparativos para a semana da juventude já estão a toda.

Leia Mais!

Novena de Julho: São Bento

A partir de hoje, 04/07, até o dia 12/07, estaremos, em unidade com o Ministério de Intercessão da Comunidade, rezando a Novena de São Bento. Acesse o nosso site, www.umnovocaminho.com, e reze conosco!

Leia mais!

Gestos e posições na Santa Missa

Você sabe como se portar e o que significam todos os gestos que fazemos durante a Santa Missa? Vamos aprender passo a passo como devemos participar dessa Santa Celebração Eucarística.

Leia Mais!

@umnovocaminho

Liturgia

1ª Leitura - Eclo 44,1.10-15
Seus nomes duram através das gerações.

Leitura do Livro do Eclesiástico 44,1.10-15

1Vamos fazer o elogio dos homens famosos,
nossos antepassados através das gerações.
10Estes, são homens de misericórdia;
seus gestos de bondade não serão esquecidos.
11Eles permanecem com seus descendentes;
seus próprios netos são a sua melhor herança.
12A descendência deles mantém-se fiel às alianças,
13e, graças a eles, também os seus filhos.
Sua descendência permanece para sempre,
e sua glória jamais se apagará.
14Seus corpos serão sepultados na paz
e seu nome dura através das gerações.
15Os povos proclamarão a sua sabedoria,
e a assembléia vai celebrar o seu louvor.
Palavra do Senhor.
Salmo - Sl 131(132),11.13-14.17-18 (R. Lc 1,32a)

 

R. O Senhor vai dar-lhe o trono
de seu pai, o rei Davi.

11O Senhor fez a Davi um juramento, *
uma promessa que jamais renegará:
"Um herdeiro que é fruto do teu ventre *
colocarei sobre o trono em teu lugar!R.

13Pois o Senhor quis para si Jerusalém *
e a desejou para que fosse sua morada:
14"Eis o lugar do meu repouso para sempre, *
eu fico aqui: este é o lugar que preferi!"R.

17"De Davi farei brotar um forte Herdeiro, *
acenderei ao meu Ungido uma lâmpada.
18Cobrirei de confusão seus inimigos, *
mas sobre ele brilhará minha coroa!"R.

Evangelho - Mt 13,16-17
Muitos profetas e justos
desejaram ver o que vedes, e não viram.

 

+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 13,16-17


Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
16"Felizes sois vós, porque vossos olhos vêem
e vossos ouvidos ouvem.
17Em verdade vos digo, muitos profetas e justos
desejaram ver o que vedes, e não viram,
desejaram ouvir o que ouvis, e não ouviram".
Palavra da Salvação.

Reflexão - Mt 13, 16-17

Todos nós falamos muito em felicidade e todas as pessoas desejam ser felizes. Em nome da felicidade as pessoas fazem as maiores proezas e correm os maiores riscos. A felicidade está sempre naquilo que nós mais valorizamos na nossa vida. É justamente aqui que nós encontramos o elemento de análise principal para encontrarmos a causa de tanto sofrimento e tanta dor que estão presentes no mundo de hoje. Deus é o valor absoluto e somente a partir dele pode haver felicidade verdadeira. Qualquer felicidade que encontre o seu fundamento fora de Deus, coloca o seu fundamento em um falso valor, de modo que é na verdade uma falsa felicidade, que só pode trazer dor e sofrimento.

Reflexão

Reflexão Pessoal - 1a. Leitura: Eclo. 44,1.10-15  “ A família é a marca de Deus no mundo” 

  O homem e a mulher foram criados para, unidos, colaborarem no projeto de Deus para a humanidade em todos os tempos. Por isso, hoje, no dia de São Joaquim e de Sant’Ana, pais da Virgem Maria, a leitura de nos fala de família: antepassados, gerações, descendentes. A família é a marca de Deus no mundo e é o lugar por excelência onde o homem é formado para ser feliz. É na família que damos os primeiros passos para Deus e é lá que é plantada em nós a semente da Fé.  Assim, pois, o livro do Eclesiástico faz o elogio aos “homens de misericórdia”. São aqueles (as), que viveram segundo a vontade de Deus e que deixam para as outras gerações o exemplo de fidelidade à Aliança. O bem ou o mal que fizeram permanece como um perfume ou como uma fumaça para os que os sucederem. “Seus gestos de bondade não serão esquecidos!” Através das gerações a família tem deixado no mundo rastros de alegria e unidade, mas também tem dado exemplos de desunião e de infelicidade.  Tudo acontece como consequência das práticas vivenciadas por nós que somos os construtores do mundo em cada geração e em todas as épocas. Se, não estivemos ligados Àquele que nos criou, iremos caminhar sozinhos e, com certeza, cairemos nos abismos que encontrarmos no percurso. Todavia, ainda há tempo para salvar a família que agoniza e cada um de nós é um instrumento de Deus dentro da nossa casa.  Desse modo, não precisamos nos deter nos erros daqueles que nos precederam, mas sim, seguir o exemplo dos “homens de misericórdia” que, sabemos toda família possui. – Você tem recordações boas dos seus antepassados? – O que você deixará para a sua descendência? – Qual o melhor conselho que você daria aos seus futuros netos? – Você já  pensou no fato de que também um dia será lembrado (a) pelos seus descendentes? Qual o legado espiritual e moral que você deixa para eles?  

Salmo 131 – “O Senhor vai dar-lhe o trono de seu pai, o rei Davi”

  É promessa do Senhor como diz o salmo, uma descendência forte e iluminada e um lugar de repouso para aqueles que Nele confiarem. Somos da descendência de Davi porque fomos adotados por Jesus Cristo e, como Jerusalém, nós fomos desejados por Deus para ser Sua morada. O Espírito Santo é a lâmpada que está acesa em nós e nos unge para confundir os nossos inimigos, os quais, muitas vezes querem  assaltar o nosso coração, contudo a Luz do Senhor não deixa que isto aconteça.  

Evangelho – Mateus 13,16-17 – “é feliz quem ouve e vê! ”

  A nossa maior riqueza consiste em termos acesso ao Pai e podermos nos comunicar com Ele e, somente os que seguem Jesus Cristo, têm o privilégio de viver essa experiência. Por isso, Jesus diz que são felizes todos aqueles que “escutam e veem” o que lhes é revelado por Ele. Dessa forma, todos nós que O reconhecemos como Senhor e Salvador e seguimos os Seus ensinamentos podemos nos considerar afortunados.  Antes de Jesus vir ao mundo muitas pessoas, inclusive os profetas e justos, desejaram vê-Lo e ouvi-Lo e não tiveram esta oportunidade. Nós, porém, podemos tocá-Lo, vê-Lo e ouvi-Lo na Eucaristia e na Palavra que nos alimenta a alma e o coração, sentir a Sua presença nos momentos de oração e assim nos fortalecer para continuar a nossa caminhada aqui na terra. Jesus está vivo e ressuscitado no meio de nós, por isso, somos felizes!  A Palavra do Senhor nos ensina a ser feliz e a desfrutar de tudo quanto o Pai providenciou para que vivamos uma vida promissora.  O próprio Jesus nos assegura isto quando fala que a verdadeira felicidade é acolher a vontade do Pai expressa por meio da Sua Palavra. Portanto, precisamos não somente acolhe-la, mas vivenciá-la. O ato de ver e de ouvir, aqui, significa ter experiência, tocar com o coração, sentir a manifestação do Deus vivo em cada acontecimento. Pense na sua felicidade em relação a outras pessoas que tanto desejam e não conseguem. – Você tem conseguido ver e escutar o que o Senhor lhe revela? – Você se considera  feliz? -  O que você espera como resultado do seu modo de viver? -  Medite agora em tudo o que você tem visto e ouvido!

Calendário 2014.2

Confira as nossas atividades e participe conosco!