Testemunho Ailanna Lima

Testemunho de Ailanna Lima, núcleo do grupo Caminhando com Jesus

Leia Mais!

Quaresma de São Miguel

Iniciamos hoje a Quaresma de São Miguel Arcanjo que se estende até o dia 29 de setembro. Rezemos juntos!

Leia Mais!

Testemunho Isabela Gurgel

Testemunho de Isabela Gurgel, núcleo de Comunicação do Grupo Nascente das Águas

Leia Mais!

UNC indica

Indicação do livro Orando com Poder do Monsenhor Jonas Abib

Leia Mais!

Liturgia

1ª Leitura - 1Ts 4,13-18

Deus trará de volta, com Cristo, os que
através dele entraram no sono da morte.
Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Tessalonicenses 4,13-18

13Irmãos, não queremos deixar-vos na incerteza
a respeito dos mortos,
para que não fiqueis tristes
como os outros, que não têm esperança.
14Se Jesus morreu e ressuscitou - e esta é nossa fé -
de modo semelhante Deus trará de volta, com Cristo,
os que através dele entraram no sono da morte.
15Isto vos declaramos, segundo a palavra do Senhor:
nós que formos deixados com vida para a vinda do Senhor
não levaremos vantagem em relação aos que morreram.
16Pois o Senhor mesmo, quando for dada a ordem,
à voz do arcanjo e ao som da trombeta,
descerá do céu
e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro.
17Em seguida, nós que formos deixados com vida
seremos arrebatados com eles nas nuvens,
para o encontro com o Senhor, nos ares.
E assim estaremos sempre com o Senhor.
18Exortai-vos, pois, uns aos outros,
com estas palavras.
Palavra do Senhor.

Salmo - Sl 95,1.3. 4-5. 11-12. 13 (R. 13b)

R. O Senhor vem julgar nossa terra.

1Cantai ao Senhor Deus um canto novo, +
3manifestai a sua glória entre as nações, *
e entre os povos do universo seus prodígios!R.

4pois Deus é grande e muito digno de louvor,+
é mais terrível e maior que os outros deuses,*
5porque um nada são os deuses dos pagãos.
Foi o Senhor e nosso Deus quem fez os céus:+R.

11O céu se rejubile e exulte a terra, *
aplauda o mar com o que vive em suas águas;
12os campos com seus frutos rejubilem *
e exultem as florestas e as matasR.

13na presença do Senhor, pois ele vem, *
porque vem para julgar a terra inteira.
Governará o mundo todo com justiça, *
e os povos julgará com lealdade.R.

Evangelho - Lc 4,16-30

Ele me consagrou com a unção
para anunciar a Boa Nova aos pobres.
Nenhum profeta é bem recebido em sua pátria.
+ Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 4,16-30
Naquele tempo:
16Veio Jesus à cidade de Nazaré, onde se tinha criado.
Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado,
e levantou-se para fazer a leitura.
17Deram-lhe o livro do profeta Isaías.
Abrindo o livro, Jesus achou a passagem em que está escrito:
18'O Espírito do Senhor está sobre mim,
porque ele me consagrou com a unção
para anunciar a Boa Nova aos pobres;
enviou-me para proclamar a libertação aos cativos
e aos cegos a recuperação da vista;
para libertar os oprimidos
19e para proclamar um ano da graça do Senhor.'
20Depois fechou o livro,
entregou-o ao ajudante, e sentou-se.
Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele.
21Então começou a dizer-lhes:
'Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura
que acabastes de ouvir.'
22Todos davam testemunho a seu respeito,
admirados com as palavras cheias de encanto
que saíam da sua boca.
E diziam: 'Não é este o filho de José?'
23Jesus, porém, disse:
'Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio:
Médico, cura-te a ti mesmo.
Faze também aqui, em tua terra,
tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum.'
24E acrescentou:
'Em verdade eu vos digo que nenhum profeta
é bem recebido em sua pátria.
25De fato, eu vos digo:
no tempo do profeta Elias,
quando não choveu durante três anos e seis meses
e houve grande fome em toda a região,
havia muitas viúvas em Israel.
26No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias,
senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia.
27E no tempo do profeta Eliseu,
havia muitos leprosos em Israel.
Contudo, nenhum deles foi curado,
mas sim Naamã, o sírio.'
28Quando ouviram estas palavras de Jesus,
todos na sinagoga ficaram furiosos.
29Levantaram-se e o expulsaram da cidade.
Levaram-no até ao alto do monte
sobre o qual a cidade estava construída,
com a intenção de lançá-lo no precipício.
30Jesus, porém, passando pelo meio deles,
continuou o seu caminho.
Palavra da Salvação.

Reflexão - Lc 4, 16-30

Jesus é o ungido do Pai que veio ate nós com a missão de evangelizar os pobres, ou seja, de tornar membro do Reino dos Céus todos os que colocam a sua esperança no Senhor. A sua vida terrena não foi outra coisa senão o pleno cumprimento dessa missão.Ele anunciou a liberdade dos filhos de Deus e a libertação dos cativos do pecado e da morte, curou os cegos, de modo que todos podem enxergar além do mero horizonte da realidade natural, lutou contra todo tipo de injustiça que é causa de opressão e anunciou a presença do Reino da graça e da verdade. Assim, Jesus também nos mostra o que é necessário para que a Igreja, o seu Corpo Místico, seja fiel à sua missão de continuadora da sua obra.

Reflexão

Ele ressuscitouReflexão pessoal – 1 Tessalonicenses 4, 13-18 – “um dia estaremos sempre com o Senhor”

  São Paulo nos escreve com o intuito de nos tirar a incerteza sobre o nosso destino futuro e nos aconselha a que nos exortemos uns aos outros  a estar firmes na esperança da nossa ressurreição. Ele nos mostra Jesus, homem que morreu e ressuscitou como primícias da nossa ressurreição. A fé na ressurreição de Jesus é o alimento da nossa esperança e a Sua Palavra é o sustento da nossa fé. Não podemos nos entristecer em vista da morte, pois sabemos que é por pouco tempo. Se estivermos aqui quando Jesus voltar, seremos arrebatados com Ele, e mesmo que entremos no sono da morte nós mantemos a esperança de que quando for dada a ordem à voz do Arcanjo e ao som da trombeta,  nós surgiremos com Ele. Esta é a nossa fé, esta é a nossa esperança! Por esta razão não precisamos ter receio de falar dessas coisas e fugir das ocasiões para alentar as pessoas que estão desavisadas. Um dia, estaremos sempre com o Senhor e não  duvidaremos de mais nada. – Você tem certeza que irá ressuscitar com Jesus? – Você tem receio de falar sobre esse assunto com outras pessoas? – Você é uma pessoa esperançosa? – Você tem tirado as dúvidas de alguém em relação a ressurreição? – Siga os conselhos de São Paulo!

O Senhor vem julgar nossa terra!

Salmo – 95 – “O Senhor vem julgar nossa terra!”

  A certeza que temos de que Jesus virá julgar a terra é um alento para que nós permaneçamos firmes a Sua espera. Por isso, é que nós cantamos um canto novo, cheio de esperança, que manifesta desde já a glória do Senhor. Enquanto aqui estamos nós precisamos nos manter numa expectativa feliz alimentando a nossa alma com a esperança promissora da Sua chegada. O Senhor vem a cada instante e, em Espírito fala ao nosso coração e nos motiva a esperar o grande dia quando O veremos, face a face. Vem, Senhor Jesus!  

a missão de Jesus é a nossa

Evangelho – Lucas 4, 16-30 – “missão de vida”

  Para nós cristãos é sempre muito clara a nossa missão de vida! Basta que tomemos a missão de Jesus como exemplo. Se somos Seus seguidores, também somos consagrados com Ele para anunciar a boa notícia da salvação aos pobres e proclamar a libertação de todos os que estão cativos, cegos e oprimidos pelas correntes do pecado.  É pela Palavra que temos acesso a toda revelação de Jesus para nós. E é também a Palavra quem nos capacita a revelar ao mundo que a nossa missão é a mesma de Jesus: anunciar a boa nova aos pobres, proclamar a libertação aos cativos e aos cegos, libertar os oprimidos e proclamar a graça e a misericórdia do Pai a todos a quem encontramos. Todos nós, batizados em Cristo, temos também esta vocação e esta incumbência.  Pela palavra que anunciamos, pela oração que fazemos ou pelo nosso testemunho,  estas coisas acontecem àqueles a quem nos dirigimos. O povo de Nazaré não acreditou em Jesus porque Ele era de casa, mas mesmo assim Ele não desistia dos seus. Para nós também é difícil anunciar Jesus dentro da na nossa casa ou evangelizar as pessoas no lugar onde todos nos conhecem, mas como Ele, também não podemos desistir dos nossos e nem desanimar. Faz parte do processo de evangelização o não ser acolhido nem admirado quando seguimos os ensinamentos de Deus. Assim foi também no tempo de Jesus. Por isso é que Ele nos recorda as figuras de Elias que fez prodígios na vida de uma viúva que não pertencia ao povo de Israel e Naamã, o sírio, que procurou Eliseu longe da sua terra para ser curado da lepra. A nossa missão precisa se realizar mesmo que não tenhamos sucesso onde queríamos ter. No entanto,  o Senhor também nos envia alguém a quem nem imaginamos, para que por nosso meio ela possa obter cura e libertação. - A quem você se sente chamado (a) a evangelizar? Para você o que é evangelizar? – O que você tem feito para atrair os seus para uma vida melhor?  – Você tem visto algum progresso na sua família por causa do seu testemunho de vida?   –  Você  continua insistindo?   – Você sente o poder do Espírito Santo quando fala no nome de Jesus Cristo?

Calendário 2015.1

Confira as nossas atividades e participe conosco!

%d blogueiros gostam disto: