08/10/11 – sábado XXVII semana comum

Reflexão Pessoal -  1ª. leitura -  Joel 4, 12-21 – “o dia do Senhor está próximo

O profeta Joel dá o recado de Deus para toda a humanidade, nos alertando  para o grande dia da Decisão, isto é, dia em que seremos julgados (as). Todos os povos, em todos os tempos, são conclamados a se por em marcha “rumo ao vale de Josafá”, à espera do Senhor.  Isso significa, precisamos viver com vigilância o momento da nossa vida, certos de que haveremos de prestar contas das nossas ações. “Tomai a foice, pois a colheita está madura”, “o dia do Senhor está próximo”. Estas exortações do profeta na leitura de hoje  abrem os nossos olhos para a realidade da nossa vida em todos os nossos dias. Nas suas palavras há, pois, um ultimato para que não sejamos pegos de surpresa.  No entanto, percebemos também uma mensagem de otimismo e esperança para todos nós que nos consideramos “filhos de Israel”, isto é, povo de Deus cujo pensamento e atenção estão voltados para os Seus ensinamentos, quando diz,  “mas o Senhor será refúgio para o seu povo, será a fortaleza dos filhos de Israel “. O Egito e a Iduméia, são figuras que nos lembram do pecado e da escravidão ao inimigo de Deus.  Portanto, precisamos ter consciência de que o tempo em que estamos vivendo é precioso porque “a colheita está madura”.  Não podemos permanecer passivamente apreciando o desenrolar dos acontecimentos, pois o Senhor já está habitando em Sião, isto é, em cada um de nós. Não precisamos mais esperar porque esse é o tempo da conversão. - Você vive cada dia da sua vida como se fosse o último?- O que você tem feito dos seus dias e das suas noites?- O que os motiva a trabalhar e lutar na vida?- Você já está pronto (a) para o Dia da Decisão?

 

 

Salmo 96 – “Ó justos, alegrai-vos no Senhor!”

 A alegria no Senhor é um privilégio dos justos, isto é, daqueles que vivem segundo os planos de Deus. Todos aqueles (as) que se apoiam na justiça do Senhor e vivem conforme os Seus ensinamentos tendo sua vida de acordo com os desígnios de Deus desfrutam da luz e da alegria.

 

Evangelho - Lucas 11, 27-28 –  “Maria, modelo da Igreja”

 

Jesus nos dá a receita para que sejamos felizes aqui na terra  e, assim, conservar a alegria no coração quando nos diz: “Felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática.”   Assim falando Jesus deu como exemplo,  aquela que as escrituras apontavam como cheia de graças, e que soube reconhecer isso quando proclamou no Magnificat,: “minha  alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora me proclamarão bem-aventurada todas as gerações.” (Luc 1, 46-48)  Daí podemos concluir que ser bem aventurado (a) é ser feliz, é exultar de alegria no Senhor e reconhecer-se completamente dependente e abandonado (a) à Sua vontade. Dessa forma Jesus proclamou também que sua Mãe era feliz, não por tê-Lo criado e amamentado, mas porque ouviu a palavra de Deus e a pôs em prática. Maria, portanto, é para nós o Modelo da mulher feliz e repleta de alegria. Ela é a primeira discípula do próprio Filho e “modelo da Igreja na ordem da fé, da caridade e da união perfeita com Cristo” (LG 63)
Você também é feliz como Maria? – Você proclama isso? – Qual a influência que a palavra de Deus tem tido na sua vida? – Você costuma louvar o Senhor pelas maravilhas que fez na sua vida?

 

  

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: